titulo texto site

A+ A A-

É um movimento da Igreja, que surgiu com a finalidade de trabalhar a favor da evangelização das famílias. Procurando construir o Reino de Deus a partir da família, da comunidade paroquial, mostrando pistas para que os casais se reencontrem com eles mesmos, com os filhos, com a comunidade e principalmente com Cristo. Para isto busca compreender o que é "ser Igreja hoje" e seu compromisso com a dignidade da pessoa e com justiça social, interligando a espiritualidade, o relacionamento familiar e a participação na comunidade.
A evangelização do matrimônio e da família é missão de toda a Igreja, em que todos os fiéis devem cooperar segundo as próprias condições e vocação. Deve partir do conceito exato de matrimônio e de família, à Luz da Revelação, segundo o Magistério da Igreja.

encontristas

O ECC deve sempre contribuir de forma efetiva para que as famílias se constituam como: "Igrejas Domésticas", sejam: "Formadoras de Pessoas", e "Educadoras na Fé" ,afim de possam ser "Promotoras do Desenvolvimento", tendo seu lugar insubstituível no anúncio e vivência do Evangelho, pois o "futuro da humanidade passa pela Família".
O ECC é um serviço-escola. Não é simplesmente um movimento. Não visa prender a si os casais, nem os casais devem querer ficar presos ao ECC. Apresenta-se como um "Serviço da Igreja, às famílias da paróquia". É essencialmente paroquial. Esta é a característica fundamental. Padre Alfonso Pastore chega a dizer, que "quem lhe retirar essa característica (paroquialidade) arranca-lhe a alma". O ECC é feito de casais para casais. É ainda um serviço que procura apresentar aos casais uma visão da Igreja, por meio de seus Documentos e Encíclicas, e de sua Doutrina Social.
A espiritualidade do ECC fundamenta-se nos seguintes pontos básicos:
Doação – essência da vida cristã.
Pobreza de espírito – atitude evangélica fundamental para acolher o Reino de Deus.
Simplicidade – atitude que se traduz num estilo simples, espontâneo e autêntico no relacionamento com os outros.
Alegria – nasce da certeza da vitória do bem e é experimentada no encontro, na partilha, na doação, na comunhão com o outro.
Oração – é uma relação pessoal do homem com Deus em Jesus Cristo.
Fraternidade – a convivência cristã de irmãos para com irmãos, com amor fraternal.
Gratuidade – é saber estar a disposição gratuitamente do irmão e da comunidade, ser solicito nas necessidades do irmão desamparado.
Missionariedade- ser capaz de espalhar a palavra de Deus principalmente pelo exemplo cristão de uma convivência harmoniosa e fiel no casamento.
Segundo o seu fundador o ECC foi idealizado, para ser desenvolvido em três etapas distintas, indispensáveis, inter-relacionadas entre si, cada uma com características e finalidades próprias. Uma etapa prepara a outra e deve ser observada, a partir de um crescimento de seus integrantes e de sua comunidade.
Na primeira etapa temos o momento evangelizador e missionário, é o despertar, é o chamamento aos casais afastados da Igreja. Esta etapa visa, principalmente: despertar os casais para que vivam seu casamento de uma maneira cristã, a partir dos valores humanos e cristãos do casamento, das graças do Sacramento do Matrimônio e da Espiritualidade Conjugal, Familiar e Apostólica; inspirar um maior relacionamento entre os cônjuges e demais membros da família; levar os casais da paróquia a atuar nos seus diversos setores, abrindo-lhes possibilidades de doação e, por meio do Pós-Encontro, dar-lhes motivação para se engajarem; criar a convivência fraterna nas paróquias como o grande apelo, a grande missão do ECC.

A segunda etapa pretende levar o casal a refletir sobre o verdadeiro sentido da fé batismal, para que ele viva plenamente a mensagem de Jesus Cristo; visa ainda a dar conhecimento aos casais, dos Documentos da Igreja e das Diretrizes da Ação Evangelizadora, mostrando, finalmente, o que é "ser Igreja no mundo de hoje".
A terceira etapa visai propor aos casais uma reflexão profunda, séria e adulta, do homem que vive numa sociedade cheia de injustiças, de opressão, de miséria, de egoísmo, de dominação e de marginalização. Leva os casais a refletirem sobre a dignidade da pessoa humana, criada à imagem e semelhança de Deus, e seu relacionamento com os outros homens, bem como as injustiças sociais que o impedem de ser "pessoa" e viver como cristão: preparar os filhos para a realidade do dia-a-dia, para o "ser" e não para o "ter".
Assim deve ser formada e viver a comunidade Encontro de Casais com Cristo:
O Casal Fichas, é como o semeador que distribui as sementes selecionadas.
As sementes, são os casais escolhidos para fazerem o ECC, que após o realizarem se transformam em grãos.
O Casal Montagem e o Casal Palestra, são os responsáveis por escolher estes grãos de acordo com os seus dons e os destina para se transformarem em alimento. Deve-se respeitar o dom de cada um, pois Deus nos deu diferentes dons, justamente para isso, para que sejam compartilhados com todos segundo a sua essência.
O Casal Finanças, é o que vai providenciar o combustível para semeadura, o adubo e a água para o plantio e o local de armazenamento, enfim tudo o que for de ordem material para que as sementes se transformem em grãos e estes grãos em alimento.
O Casal Pós-Encontro, é o que acompanha o crescimento dos grãos e os mantém vivos, apesar das tempestades, que os assolam, garantindo a qualidade dos alimentos produzidos e sua correta utilização.
Mas tudo isto só será possível se tiver alguém que saiba selecionar as sementes que serão plantadas, a qualidade exata do adubo e água a serem utilizadas, alguém que oriente na seleção e destinação dos grãos, segundo os seus dons e principalmente que faça com que os mesmos se transformem em verdadeiros alimentos para saciar a fome das pastorais de toda a comunidade. Esta pessoa é o Diretor Espiritual.
Todos estes na verdade formam a Equipe Dirigente, que depende de todos os seus integrantes para que a Palavra de Deus seja levada a todas as famílias da comunidade.

É justamente visando a devida preparação de todos os membros dos casais encontristas, que periodicamente realizam encontros com outros grupos, além dos encontros realizados nos pequenos grupos, visando o aperfeiçoamento na espiritualidade, fundamentado nos seguintes princípios:

Tudo isto complementado no estudo conjunto, para compreender melhor a importância da convivência familiar e da prática da solidariedade, com os mais necessitados, para desta forma transmitir estes ensinamentos aos seus filhos.

Os encontros de formação, atualmente acontecem em Garibaldi, no Convento dos Capuchinhos.

 

Coordenação:

Amir Dallabarba  e  Vera Zaro
54 3461.3338   -  54 3461.6592