titulo texto site

A+ A A-

As Oficinas de Oração e Vida são uma nova forma de evangelização.Mais viva e com uma visão mais positiva do que sempre foi mostrado.
É uma apresentação mais vibrante e ativa de Jesus, com uma maior adaptação às necessidades da sociedade atual, e ao que, realmente, as pessoas necessitam.
Está baseada no amor e no que este é capaz de realizar e não no temor e no castigo.
Por isso dizemos com pleno convencimento que as Oficinas de Oração e Vida são uma resposta ao mundo de hoje...
O serviço das Oficinas de Oração e Vida, reconhecido e aprovado pela Santa Sé em 1997 e confirmado, segundo Decreto de Aprovação dado pelo Conselho Pontifício para os Leigos em 04 de outubro de 2002, constituem o cume e coroamento de toda a atividade apostólica do Frei Ignácio, por sua força expansiva, por seus frutos e pelo alto apresso pelas mesmas, manifestado pela Santa Sé e pelos Bispos.
Com mais de 18.000 Guias atuando no mundo inteiro, através dos TOV, estão ensinando as pessoas a orar, de uma maneira experimental e progressiva, introduzindo-os na oração litúrgica e na vida sacramental.
A missão do Guia é de implantar o Deus vivo nos corações e ao mesmo tempo abrir um manancial de paz, de fortaleza e de alegria nesses mesmos corações. Por um lado, é uma tarefa eminentemente evangelizadora e, por outro, é uma tarefa eminentemente humanitária.
1.- Baseada na Bíblia: Oficinas de Oração e Vida são um método de evangelização que está integralmente baseado na Palavra. O ponto central de cada Sessão é a leitura e meditação da Palavra. Para todos os dias da semana, durante quatro meses, são assinalados aos participantes textos do Antigo e do Novo Testamento para meditá-los e rezá-los em suas casas, com uma pedagogia especial, com um maravilhoso instrumento que se chama Pequena Pedagogia para meditar e viver a Palavra.
2.- Com Cristo como centro: Jesus Cristo é, nas Oficinas, o princípio, o centro e a meta, para pensar, sentir, atuar e amar como Jesus, com a eterna pergunta no coração, "O que faria Jesus no meu lugar?"
3.- Fonte de vocações apostólicas: Toda experiência acaba em testemunho. A Oficina quer ser não somente escola de formação, mas também escola apostólica, de tal maneira que os participantes, uma vez constituídos em discípulos e amigos de Jesus, participem diretamente da missão sacerdotal, profética e régia de Cristo Jesus, e onde quer que se façam presentes, implantem o Reino de Deus com sua presença, conduta, palavra e ação. Desta maneira as Oficinas se convertem em instrumentos de vitalização da Igreja local.
4.- Serviço exclusivamente laical: As Oficinas, convencidas de que somente com uma autonomia completa tem leigos maduros, apostaram desde o princípio nos leigos, entregando-lhes a responsabilidade integral para organizar e governar o Serviço das Oficinas no mundo inteiro. Sendo um serviço eminentemente laical, sempre insistimos firmemente no propósito de estabelecer e manter relações fluidas e afetuosas com os Bispos e Párocos
5.- Caráter totalmente prático e experimental: A Oficina não é uma doutrina, tampouco uma teoria ou teologia. A Oficina funciona à base de orientações de vida e sua colocação em prática. Trata-se de uma pedagogia experimental, tanto durante a sessão como na prática semanal em casa. Orar não consiste numa reflexão intelectual. É uma atividade vital, e as coisas da vida se aprendem vivendo-as, praticando-as. Por este caráter prático falamos de Oficina, porque assim como em qualquer oficina aprende-se trabalhando e trabalha-se aprendendo, em nosso caso, orando aprende-se a orar.
6.- Atividade de oração passo a passo adaptada à pessoa: A oração, além da graça, é arte. E como arte, está submetida a uma aprendizagem metódica e progressiva. Por isso nos esforçamos por colocar na organização interna da Oficina objetivos claros, uma pedagogia progressiva, contínua e muita disciplina.
7.- Oficina libertadora e que cura através do conhecimento de Deus e de si mesmo: Através da vivência do Abandono, o participante vai chegando a uma profunda paz. E por meio de mensagens e exercícios, o participante chega, paulatinamente, a libertar-se de tristezas e angústias, curar-se das feridas, superar complexos e medos, recuperando o sentido da vida e a alegria de viver.
8.- Transformação à luz da Palavra: A Oficina toma o participante e, à luz da Palavra, o introduz em um complexo entrelaçamento de reflexão, oração, mensagem evangélica e análise da própria vida. Neste contexto, o participante, quase sem dar-se conta, é levado a uma transformação vital. O bem e o mal nascem no coração. A Oficina aborda o coração e o transforma em baluarte de harmonia, serenidade e paz. A partir do coração convertido esses dons se irradiam à família, e da família à sociedade. Quem transforma o coração, transforma o mundo.
9.- Compromisso com os pobres: Cristo quis identificar-se de maneira preferencial com os necessitados de todos os tempos (Mateus 25, 31-46). Os pobres são o lugar privilegiado onde Deus manifesta-se. As Oficinas querem fazer o que Jesus fez, Seus preferidos serão nossos preferidos, Seus objetivos, nossos objetivos. Também nós queremos descer da montanha da oração e fazer-nos presentes com a palavra e a presença, preferentemente, junto aos últimos, para defender os frágeis, libertar os cativos e anunciar um ano de graça e salvação, como diz Isaías.
10.- Promoção de valores do Evangelho

São realizados dois grupos anuais, em um treinamento de 15 encontros semanais. Pois é através destes encontros que os participantes começam a se conhecer melhor e passam a apreender a orar realmente, sentindo a proximidade com Deus, pois a verdadeira oração surge a partir da experiência com Deus; e isto é feito com muita concentração e vivência.

Coordenação:

Zemila Canal
54 3461-1403